O consumidor brasileiro está cada vez menos disposto a esperar e, principalmente, a perder tempo. Se ele já exigia relevância e imediatismo nas buscas, a geolocalização agora também é um ingrediente essencial na receita de um resultado satisfatório. Em outras palavras, não bastam as sugestões serem “para já” e “a minha cara”: elas também têm que ser “perto de mim”.

Please follow and like us:
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial