Por: André Pontes / Agência Wys 

Revisão: Amanda Campos / Agência Wys 

Com certeza em algum determinado momento você já deve ter ouvido falar sobre os Bitcoins, estou certo? Pois é, as moedas virtuais vêm ganhando muito espaço e reconhecimento no ambiente virtual, mas talvez você deve estar se perguntando, o que são de fato as criptomoedas? Que relação elas têm com os Bitcoins? Qual a importância delas, na minha vida? Calma, iremos explicar tudo! 
 
O que são as criptomoedas? 
 
A Criptomoeda é um nome que serve para denominar moedas digitais descentralizadas (que não possuem um órgão ou governo responsável pelo controle e fiscalização de emissões de moedas, deixando nas mãos dos próprios usuários), utilizadas para a realização de pagamentos em transações comerciais, elas possuem a mesma função para as compras de mercadorias e serviços como o Real e o Dólar. Para que a sua transição aconteça de uma maneira confiável, ela é realizada através de uma rede chamada blockchain (cadeia de blocos), que garante a obtenção de dados e registros de transições realizadas. As moedas virtuais como por si, falam, existem apenas dentro do ambiente virtual. Em partes de criptografia ela refere-se a segurança garantida pelo blockchain que possibilita essa transição segura das moedas, que inclusive, vem propriamente dessa tecnologia o termo ‘’moeda criptografada’’. 

 
A criptomoedas são seguras? 
De uma forma sim, até mesmo pela tecnologia de criptografia que ajuda como uma camada de segurança que dificulta as fraudes. 
Apesar de existir essa tecnologia, ainda sim, pode existir ataques de hackers e consequentemente perca de criptomoedas que resultará em uma perca financeira. 

 
Quais são as principais criptomoedas? 
Dentro do ambiente virtual, existem diversas moedas com nomes diferentes e com valores de investimentos também diferenciados. Assim listamos as principais dadas pelo mercado: 
• Bitcoin; 
• Ethereum; 
• Ripple; 
• Litecoin; 
• Bitcoin Cash; 
• EOS; 
• Binance Coin. 
 
Por que elas impactam a minha vida? 
Atualmente, a não ser que você seja um investidor ou entusiasta das criptomoedas, a verdade é que elas impactam pouco a vida da população em geral. 
Por muitos anos, o mercado olhou para o Bitcoin como uma nova moeda de transação, o que devido o momento de pandemia que estamos passando, essa possibilidade pode se tornar muito mais presente. Devido ao isolamento social a maior parte da população fez e realizou transações e pagamentos por meio da internet. As criptomoedas estão passando a ser cada vez mais vistas como um ativo financeiro, para, por exemplo, pagar um determinado produto. 

 
De toda forma, muita gente discute o papel das criptomoedas no futuro. Alguns dizem que essa vai ser a principal forma de transação daqui a uns anos, mas ainda não sabemos ao certo como funcionará.